Departamento de Gestão Patrimonial
  • Comunicado

    Publicado em 20/06/2017 às 17:32

    Comunicamos que, a edificação “CCS12 – Bloco E3 – HU – Bloco Didático” teve seu nome alterado para “CCS12 – CCS – Setores HU“, seguindo o que foi discutido e acordado em reunião entre DGP/PROAD, Direção do CCS e HU em 14/junho/2017.


  • Lembrete aos Agentes Patrimoniais

    Publicado em 20/06/2017 às 14:29

    É dever do servidor designado Agente Patrimonial imprimir o Termo de toda e qualquer transferência que efetuar no sistema, coletar as devidas assinaturas e enviar uma via original física ao DGP/PROAD no prazo de até 45 dias corridos. Essa via é de arquivamento obrigatório e necessária para a confirmação da transferência realizada.


  • Após um ano de nova direção do Departamento de Gestão Patrimonial a equipe comemora

    Publicado em 29/05/2017 às 19:20

    No dia 17 de maio de 2017, na sala de reuniões do DGP todos os Técnico-Administrativos em Educação do Departamento, os estagiários, o Coordenador Administrativo Edwilson Ribeiro, o Diretor Hudson Queiroz e Pró-Reitor de Administração (PROAD) Jair Napoleão fizeram um balanço sobre esse primeiro ano de nova gestão.

    A reunião iniciou pelo Diretor Hudson Queiroz, que começou enfatizando que esse é um momento de comemoração e que o email de agradecimento enviado pela direção a todos os TAEs expressa essa etapa. Relembrou que quando iniciaram o trabalho no DGP, os novos gestores buscaram aprender a dinâmica da estrutura patrimonial, dar uma nova estrutura para as divisões, tanto administrativamente como com a vinda de novos colegas para preenchimento do quadro e para dar mais qualidade técnica-administrativa. Ressaltou a diferença do Departamento quando iniciou há um ano e agora. Reafirmou que o departamento faz parte da Universidade e não deve ser entendido isoladamente e que nesse primeiro ano o foco foi mostrar para os demais setores o que é e como funciona o setor.

    Em seguida, tomou a palavra o Pró-Reitor Jair Napoleão, que destacou que quando tomou posse seu maior desafio dentro da PROAD era dinamizar as atividades do DGP, e após esse primeiro ano esse tornou-se o Departamento mais elogiado pela comunidade e com mais resultados. Ressaltou principalmente os elogios ao recolhimento, ao inventário,  que segundo ele é “a menina dos olhos” e a repercussão do Museu Patrimonial. Mostrou-se surpreso não só com a quantidade de elogios, mas também com a ausência de críticas nesse ano, o que só reforça o comprometimento da equipe. Ressaltou que a PROAD hoje não é um lugar onde devam permanecer pessoas desmotivadas, pois é essa motivação que fez com que diariamente o setor se superasse até agora e que deverá continuar provando diariamente a sua capacidade.  Mais uma vez colocou a Pró-reitoria a disposição para a capacitação do pessoal, o que ressaltou que é fundamental para seu aperfeiçoamento. Para concluir, pediu que cada um avaliasse os prós e os contras desse primeiro ano.

    Continue a leitura » »


  • Museu Patrimonial nas mídias: youtube e facebook

    Publicado em 25/05/2017 às 16:15

    O Museu Patrimonial da UFSC conta agora com uma página no facebook e um canal no youtube, onde os vídeos produzidos pelo Museu ou sobre ele estão sendo disponibilizados.

    Nesse momento, contamos com 4 vídeos:

    1. o vídeo produzido pelo Museu para a cerimonia de encerramento (clique aqui)
    2. o drops produzido pela Agecom para divulgação da exposição (clique aqui)
    3. a entrevista realizada pela TV UFSC no dia da abertura da exposição (clique aqui)
    4. a entrevista realizada pela TV Alesc durante a abertura da exposição (clique aqui)

    Dessa forma, esperamos valorizar a história e atingir um público mais amplo!


  • Exibição de vídeo marca encerramento da exposição inaugural

    Publicado em 18/05/2017 às 15:05

    acessado em: http://museupatrimonial.ufsc.br/


  • Um Olhar Sustentável sobre a Gestão Patrimonial

    Publicado em 12/05/2017 às 16:06

    O Departamento de Gestão Patrimonial (DGP) desenvolve a gestão patrimonial de toda a universidade, desde a aquisição dos bens até sua baixa.

    Nesse percurso, as atividades vão desde a recepção e primeiro tratamento aos bens incorporados ao patrimônio da UFSC via aquisição por compra ou doação; passando pelas aquisições de bens localizados na UFSC, mas de propriedade de terceiros, como fundações, CNPq e Ministérios; pelo inventário e controle não somente da localização física dos bens, mas de sua conservação e distribuição; além da baixa quando da perda de utilidade, seja por obsolescência, seja em decorrência de doação ou leilão a outras instituições que melhor utilizarão esses mesmos bens. Para contribuir nesse conjunto de processos, o  DGP tem uma parte de suas atividades descentralizadas, à qual dá o devido suporte, por meio dos agentes patrimoniais das unidades acadêmicas e administrativas.

    Para além das atividades já desenvolvidas cotidianamente, a gestão patrimonial passou a compreender que os bens são patrimônio histórico e contam a história da instituição e dos processos de trabalho, e por isso idealizou o projeto do Museu Patrimonial da UFSC.

    Mas outra importante frente passou a ser desenvolvida após a baixa do material e seu recolhimento ao depósito. O trabalho de reciclagem e recuperação de bens!

    Continue a leitura » »


  • Universidade Já – Exposição do Museu Patrimonial

    Publicado em 20/04/2017 às 18:10

    Produção: TV UFSC


  • Museu Patrimonial da UFSC inaugura primeira exposição no Centro de Eventos

    Publicado em 20/04/2017 às 17:30
    Foto: Ítalo Padilha/Agecom/UFSC.

    Foto: Ítalo Padilha/Agecom/UFSC.

    A primeira exposição do museu patrimonial da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) foi inaugurada nessa segunda-feira, 17 de abril, com a presença de ex-reitores, pró-reitores e autoridades acadêmicas. A mostra está aberta ao público, no hall do Centro de Cultura e Eventos, até 18 de maio, Dia Internacional do Museu. Gabriel Martins, um dos idealizadores e curador do projeto, abriu a cerimônia ressaltando a importância de se preservar os objetos que já não são usados, mas que conservam a história do fazer acadêmico: “Inauguramos aqui uma nova forma de vermos a gestão patrimonial da UFSC. Somos a mais antiga universidade federal do estado e temos muita história para contar. Essa história pode ser narrada com nossos instrumentos de trabalho. Neles estão concretizadas diversas atividades, algumas que não existem mais”, afirmou.

    Continue a leitura » »


  • Assista o vídeo de divulgação da exposição

    Publicado em 20/04/2017 às 17:00

    Produção: Agecom/UFSC


  • Estudantes de museologia entregam carta ao DGP

    Publicado em 13/04/2017 às 11:31

    WhatsApp Image 2017-04-12 at 17.51.23

    As estudantes de museologia Fernanda do Canto e Raisa Ramoni, em nome dos estudantes do curso, estiveram na sede do DGP e entregaram uma carta (acesse aqui) aos integrantes do projeto do Museu Patrimonial. No documento e na conversa, as representantes dos estudantes do curso apontaram a importância da participação dos museólogos na construção de projetos como esse. Sugeriram a relevância de sua participação em todas as etapas, desde a seleção de objetos até a proposição de ações educativas, bem como na logística, na conservação das peças, na pesquisa e documentação histórica, entre outros. Manifestaram certo desconforto por não terem sido inseridos desde o princípio nesse processo e ainda ressaltaram a multidisciplinaridade de um espaço como o museu, que podem incluir também profissionais como designers, arquitetos, historiadores e cineastas.

    A equipe do Museu Patrimonial da UFSC  apontou que o projeto faz parte de uma política de gestão patrimonial iniciada recentemente e que entende que os bens enviados para descarte pelos diferentes setores UFSC tem um grande potencial para contar a história da instituição e de seus processos de trabalho, sejam os realizados em sala de aula, em laboratórios, setores administrativos ou de manutenção, por exemplo. Inicialmente a equipe conta com administrador, historiadores, desenhista técnico, entre outros, mas desde o princípio o objetivo sempre foi tornar o espaço como um campo de estágio para as diferentes áreas do conhecimento, como a museologia, por exemplo, e assim contribuir também no processo  de formação dos profissionais. Finalmente, para além do espaço expositivo no DGP e das exposições itinerantes, o intento é estimular e contribuir para que outros setores construam seu próprio espaço museológico, e transformar a UFSC num espaço de memória múltiplo e diverso.

    WhatsApp Image 2017-04-12 at 17.49.22

    Nossa equipe do Museu agradece as críticas construtivas e espera, com o apoio da Administração Central, a partir de agora conseguir ampliar a equipe com a participação dos estudantes de museologia e dos diferentes cursos que darão uma contribuição fundamental para a consolidação desse projeto institucional de tamanha relevância educativa, cultural e social.