Instruções para transferências e consultas

-Aviso Importante aos Dirigentes (agentes natos): Cada um dos bens incorporados a determinado setor, deve constar sob a responsabilidade direta de servidores lotados naquele respectivo setor, e que, de fato, os estejam utilizando ou por eles apenas zelando, conforme melhor determinar o agente nato. Com esse cuidado evitam-se transtornos relacionados a bens em nome de servidores já desligados da instituição ou que já estejam lotados em outro setor. Para manter esse trabalho em dia é fundamental a designação de agentes patrimoniais!


Orientações importantes antes de realizar transferências de bens no Sistema de Patrimônio (SIP)

 

Prezado Agente Patrimonial, antes de realizar transferências no sistema é importante tomar conhecimento destas importantes orientações  (todas essas orientações estão contidas também no Tutorial para Transferências e Consultas no SIP – arquivo no final desta página):

 
-Somente agentes patrimoniais formalmente designados por Portaria devem realizar movimentações no SIP;
 
-Não realize transferências sem a anuência do agente patrimonial nato (responsável pelo setor);
 
-A movimentação de bens permanentes acontece sempre que ocorre mudança de setor; mudança de responsabilidade pela guarda e uso; e mudança de localização;
 
-Sempre que for realizar um levantamento patrimonial (por exemplo, como se faz no inventário) é fundamental que se especifique o tipo de tombamento a ser coletado – Código de Barras; Plaqueta (que no SIP corresponde a “Patrimônio”); Número de Tinta. No momento do lançamento dos dados no sistema de patrimônio é preciso selecionar a opção correta quanto ao tipo de tombamento a ser informado, caso contrário, os números não corresponderão a descrição do item ou nenhum registro será retornado;
 
-É importante ressaltar que qualquer movimentação física deverá ser cadastrada no SIP, ainda que não se trate de mudança de responsabilidade;
 
Antes do cadastramento de qualquer transferência no SIP É FUNDAMENTAL A CONFERÊNCIA FÍSICA DOS BENS, pois bens não encontrados (desaparecidos) não devem ser movimentados – a situação de itens não encontrados deve ser regularizada pelos meios legais cabíveis (TCA, Sindicância, outros);
 
Caso alguns ambientes não estejam cadastrados no SIP ou necessitem de atualização/alteração em sua identificação, acesse  “Instruções para SIEF” no menu “Apoio aos Agentes Patrimoniais”. É fundamental que cada ambiente esteja corretamente cadastrado no sistema de maneira a corresponder a realidade física, pois assim qualquer servidor que venha a atuar como agente patrimonial também conseguirá identificá-los.
 
CUIDADO COM OS HOMÔNIMOS: Recomendamos que ao realizar transferências no SIP, verifiquem sempre atentamente o nome e a matrícula ou o SIAPE do servidor responsável (servidor que está recebendo o material). Existem muitos casos de servidores com nomes idênticos na UFSC, por isso é fundamental verificar se o SIAPE ou a matrícula do servidor, ao efetuar a busca pelo nome, corresponde corretamente;
 
Novos servidores, possivelmente, não estarão cadastrados no SIP (para receber bens em nome) – esta solicitação deve ser realizada através do e-mail inventario.dgp@contato.ufsc.br informando nome completo do servidor a ser incluído, SIAPE e setor de lotação. Advertimos que, somente podem receber bens patrimoniais em nome, servidores que tenham vínculo com a Instituição, não podendo ter bens em nome, alunos, terceirizados ou outros agentes sem vínculo institucional;
 
Toda movimentação de bens no sistema (transferência) gerará um Termo de Transferência >> É dever do agente patrimonial imprimir o Termo de Transferência, coletar as devidas assinaturas e enviar uma via original ao DGP/PROAD.
 
-Nenhuma transferência deverá ser confirmada pelo agente patrimonial. As confirmações serão efetuadas exclusivamente pelo DGP/PROAD tão logo recebamos os Termos devidamente assinados. Portanto, ao acionar o botão “confirmar” o usuário poderá ser direcionado para a seguinte mensagem: “Prezado usuário, atualmente você não tem permissão para acessar esta página.”
 

O Prazo para envio do Termo de Transferência ao DGP/PROAD é de até 45 dias corridos, após todas as transferências pendentes de confirmação serão canceladas (nos períodos próximos a realização de inventário este prazo poderá ser reduzido, excepcionalmente). Instruções para consulta de Termos pendentes de confirmação: acesse menu Apoio aos Agentes Patrimoniais>>Tutorial Consulta Transferências Pendentes.

 
CASO SEJA NECESSÁRIO SOLICITAR O CANCELAMENTO DE TRANSFERÊNCIAS, este deve ser solicitado através do e-mail inventario.dgp@contato.ufsc.br informando o número e o ano do Termo de Transferência a ser cancelado;  o nome e o setor do agente patrimonial solicitante. Lembrando que, apenas transferências que ainda estejam pendentes de confirmação podem ser canceladas, transferências já confirmadas não podem ser canceladas;
 
FIQUE ATENTO: antes de efetuar qualquer transferência verifique se o material não se trata de bens de terceiros. Neste caso só é permitida a transferência entre participantes do mesmo projeto (para consulta rápida Clique aqui).
 

>>>Tutorial para Transferências e Consultas no SIP <<<

 

 
Dúvidas: Entre em contato com a Divisão de Apoio aos Agentes Patrimoniais pelo email inventario.dgp@contato.ufsc.br ou (48) 3721-2152 e 2151